conecte-se conosco


Filmes

Viúva Negra quase foi dona de orfanato em Vingadores: Ultimato

Publicado

em

Cuidado! Contém SPOILERS de Vingadores: Ultimato!

Vingadores: Ultimato conta com um salto de 5 anos no tempo. Antes dos heróis descobrirem a possibilidade da viagem ao passado, todos estavam seguindo com a sua vida.

O Thor, por exemplo, estava em Nova Asgard, vivendo quase como um aposentado, e Tony Stark tinha dias de pai de família. Em uma entrevista ao Slate Podcast, os diretores Joe e Anthony Russo contaram que outra personagem quase teve um novo papel também.

A Viúva Negra de Scarlett Johansson quase teve um papel que é ligado com a sua história de vida. No entanto, o roteiro foi modificado e ela se tornou a líder dos Vingadores sobreviventes.

“Nós tentamos em um momento inicial do roteiro colocar a Viúva Negra como a líder de uma organização para órfãos, na capital dos Estados Unidos. Era isso que ela estaria fazendo pelos cinco anos”, contaram os diretores.

A ideia foi cortada porque ela seria “muita grande” para o filme. Além disso, os irmãos Russo explicaram que esse lado da Viúva Negra nunca foi explorado. Originalmente, a heroína é uma órfã.

Por que Gamora retorna mas a Viúva Negra não?

Vingadores: Ultimato causa uma certa confusão na equipe de heróis da Marvel e na linha do tempo do universo cinematográfico. Os destinos de Gamora e Viúva Negra no filme são fundamentais para a dúvida.

A Viúva Negra morre para conseguir a Joia da Alma, e aparentemente não retorna após o Capitão América, supostamente, devolver ela. Já uma Gamora do passado invade a linha do tempo do presente e assim, volta a se juntar aos heróis.

Os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely explicaram a decisão para a Variety.

“Não é a Gamora morta pela Joia da Alma, é a do passado. Quando Gamora foi jogada daquele penhasco, aquela morreu. Mas, essa é uma Gamora anterior. Então, ela está viva no passado e viaja para o presente, como vocês sabem”, afirmou Markus.

Os escritores também discutiram a possibilidade de trazer uma Viúva Negrado passado. Parece que isso não acontecerá.

“Seria uma decisão egoísta e sem sentido. Efetivamente, roubaríamos uma Viúva Negra do passado que não sabe nada sobre o que está acontecendo. Não seria pedir se ela gostaria de viajar no tempo”, afirmou Markus.

Assim, os roteiristas garantem que as mortes pela Joia da Alma serão sempre definitivas.

Filme da Viúva Negra está perto de começar

De acordo com imagens que circularam na internet, as filmagens do longa solo da Viúva Negra já teriam começado.

Fotos mostram a preparação para uma gravação no Central Park, em Nova York, e o usuário que as publicou afirma que é para “o próximo filme de Scarlett Johansson”.

A Marvel Studios ainda não confirmou o início de filmagens.

O elenco de Viúva Negra é estrelado por Scarlett Johansson (Vingadores: Ultimato), Rachel Weisz (A Favorita), David Harbour (Hellboy), O-T Fagbenle (The Handmaid’s Tale) e Florence Pugh (Legítimo Rei).

Cate Shortland será a diretora. Viúva Negra é o primeiro solo de Natasha Romanoff e será um filme de origem. A trama deve contar a história da Viúva Negra antes da heroína ser recrutada para os Vingadores.

Viúva Negra deve estrear em 2020. No momento, a personagem está em cartaz em Vingadores: Ultimato.

 

via: observatoriodocinema

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 5 =

Filmes

Homem-Aranha quase ganhou filme de terror nos anos 80

Publicado

em

O Homem-Aranha podia ter uma história bem diferente no cinema. A sua primeira aparição poderia ser um filme de terror, dando uma origem bem diferente ao personagem.

Nos anos 80, a Cannon Films comprou os direitos do personagem por cinco anos. O projeto pensado para o herói seria uma adaptação de terror, com direção de Tobe Hooper (O Massacre da Serra Elétrica) e roteiro de Leslie Stevens (A Quinta Dimensão).

O Digital Spy revelou o resumo do projeto. “Ao invés de ser picado por uma aranha radioativa, Parker seria deliberadamente bombardeado por um cientista – chamado de Doutor Zork – que transforma o fotógrafo profissional (não um estudante ou jornalista) em um Homem-Aranha gigante, com oito braços, que é tão monstruoso que começa a atacar todo mundo”, afirma a descrição.

Esse Homem-Aranha seria criado para “liderar” uma nova raça de mutantes. Mas, ele se negaria e começaria a lutar contra os seus próprios criadores.

O site conta que Stan Lee, criador do personagem, não gostou da ideia. Assim, convenceu que a Cannon desistisse do projeto, o que acabou acontecendo.

No momento, o herói, em sua versão clássica, retorna aos cinemas com Homem-Aranha: Longe de Casa, com estreia para 4 de julho.

 

via: observatoriodocinema

Continue lendo

Mais Lidas da Semana