conecte-se conosco


Filmes

Stardust | Filho de David Bowie não aprova filme e pode boicotar produção

Publicado

em

Na última quinta-feira (31), a Salon Pictures anunciou que está produzindo um filme sobre David Bowie, com o título Stardust. Logo depois, o filho do músico, o diretor Duncan Jones, usou as redes sociais para mostrar a sua desaprovação com o longa.

Anteriormente, o cineasta contou que sabia de conversas sobre um filme envolvendo a vida de David Bowie. Com a confirmação, Duncan Jones usou o Twitter para dizer que o longa não contará com as músicas do cantor.

“Não estou dizendo que esse filme não vai acontecer, eu honestamente não sei. O que quero dizer é que o filme não terá nenhuma das músicas do papai e não consigo imaginar isso mudando. Se você quiser ver uma cinebiografia sem as músicas dele e a bênção da família, aí fica por conta da audiência”, afirmou Duncan Jones.

A Salon Pictures, que está por trás da produção, não se pronunciou após a declaração de Duncan Jones. O que o diretor deu a entender é que não facilitará em um acordo dos direitos autorais das músicas de David Bowie.

O estúdio escolheu como protagonista Johnny Flynn, músico e ator, com participação em produções como Genius, Acima das Nuvens e Cruzada: Uma Jornada Através do Tempo. Jena Malone e Marc Maron também fazem parte do elenco.

O filme é baseado em 1971, quando David Bowie fez a sua primeira viagem para América. O passeio inspirou a criação de Ziggy Stardust.

A direção ficará por conta de Gabriel Range, com roteiro de Christopher Bell.

Músico lendário, David Bowie morreu em janeiro de 2016 aos 69 anos após uma batalha secreta contra o câncer. Além da carreira musical, Bowie também se aventurou no cinema, estrelando produções como Labirinto, O Grande Truque e O Homem Que Caiu na Terra.

Stardust não tem previsão de lançamento.

 

via: observatoriodocinema

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 16 =

Filmes

Idris Elba seria o “James Bond negro” em Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw

Publicado

em

Idris Elba é um dos mais cotados para ser o James Bond depois de Daniel Craig. No entanto, o ator não quer aumentar as especulações, uma vez que o atual 007 deve deixar o papel depois de Bond 25, que estreia em 2020.

Até por isso, o próprio Idris Elba pediu que uma fala de Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw fosse modificada. Nela, Brixton, vilão vivido pelo ator, se apresentaria como o “James Bond negro”.

Dwayne Johnson, estrela do derivado e produtor, fez a revelação para Variety. A ideia surgiu “porque é o que todos falam no momento”. Com o pedido de Idris Elba, a linha foi mudada para, “Eu sou o Superman negro”, como fãs já viram em diversas prévias do filme.

“Todo mundo amou a fala do Superman negro. Todos estão levando créditos por isso – Idris, nosso diretor, nossos produtores, com certeza Jason Statham, mas eu tive a ideia”, brincou o astro.

Derivado da franquia Velozes e Furiosos, o longa mostra a aliança improvável entre o policial Luke Hobbs (Johnson) e o exilado Deckard Shaw (Jason Statham), que decidem se unir para combater um vilão aprimorado geneticamente que ameaça o futuro da humanidade.

Com roteiro de Chris Morgan e direção de David Leitch (Atômica e Deadpool 2), o filme traz também no elenco Vanessa Kirby, Elza Gonzales, Idris Elba e Helen Mirren, entre outros.

Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw chega em 1° de agosto nos cinemas.

 

via: observatoriodocinema

Continue lendo

Mais Lidas da Semana