conecte-se conosco


Filmes

Obi-Wan e Yoda podem retornar em Star Wars: A Ascensão Skywalker, diz teoria

Publicado

em

O primeiro trailer de Star Wars: A Ascensão Skywalker gerou inúmeras especulações, e uma delas diz que mais fantasmas da Força além de Luke Skywalker (Mark Hamill) podem aparecer.

De acordo com o Nerdist, quando Luke diz “Nós passamos tudo o que sabemos”, é uma indicação dos retornos de Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor), Yoda (Frank Oz), Anakin Skywalker (Hayden Christensen) e potencialmente até o mestre de Obi-Wan, Qui-Gon Jinn (Liam Neeson).

Com o diretor e roteirista J.J. Abrams considerando Star Wars: A Ascensão Skywalker como um final para a saga completa, existe grande possibilidade de que mais figuras do passado, além de Lando e o Imperador Palpatine, possam aparecer.

Por fim, o Nerdist aponta que McGregor e Oz usaram suas vozes em uma visão da Força experimentada por Rey em O Despertar da Força, um sinal de que Abrams pretende utilizar os famosos Jedi, que desempenharam grandes papéis nas vidas e no treinamento de Anakin e Luke.

A presença de Ian McDiarmid no set permaneceu secreta até o lançamento do trailer, então por que outros atores também não podem ter gravado aparições escondidas?

Star Wars: A Ascensão Skywalker estreia em 19 de dezembro, com direção de J.J. Abrams.

 

via: observatoriodocinema

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =

Filmes

Homem-Aranha quase ganhou filme de terror nos anos 80

Publicado

em

O Homem-Aranha podia ter uma história bem diferente no cinema. A sua primeira aparição poderia ser um filme de terror, dando uma origem bem diferente ao personagem.

Nos anos 80, a Cannon Films comprou os direitos do personagem por cinco anos. O projeto pensado para o herói seria uma adaptação de terror, com direção de Tobe Hooper (O Massacre da Serra Elétrica) e roteiro de Leslie Stevens (A Quinta Dimensão).

O Digital Spy revelou o resumo do projeto. “Ao invés de ser picado por uma aranha radioativa, Parker seria deliberadamente bombardeado por um cientista – chamado de Doutor Zork – que transforma o fotógrafo profissional (não um estudante ou jornalista) em um Homem-Aranha gigante, com oito braços, que é tão monstruoso que começa a atacar todo mundo”, afirma a descrição.

Esse Homem-Aranha seria criado para “liderar” uma nova raça de mutantes. Mas, ele se negaria e começaria a lutar contra os seus próprios criadores.

O site conta que Stan Lee, criador do personagem, não gostou da ideia. Assim, convenceu que a Cannon desistisse do projeto, o que acabou acontecendo.

No momento, o herói, em sua versão clássica, retorna aos cinemas com Homem-Aranha: Longe de Casa, com estreia para 4 de julho.

 

via: observatoriodocinema

Continue lendo

Mais Lidas da Semana