conecte-se conosco


Games

DUAS DÉCADAS DE GLÓRIA: 24 JOGOS QUE COMPLETAM 20 ANOS EM 2019

Publicado

em

Meu amigo, você ta bem mais velho que você pensava, quer ver? Counter Strike tem 20 anos! E ele foi só um dos jogos lançados no longínquo ano de 1999. Como a quantidade de games memoráveis lançados naquele ano foi bem grande, montamos essa lista dos principais games que completam 20 anos em 2019 e são tão velhos quanto eu!

Super Smash Bros. (21/janeiro)

super

Siiim, Super Smash Bros., a franquia mais falada pela Nintendo no segundo semestre de 2018 nasceu 20 anos atrás, no Nintendo 64. Naquela época já não se sabia se era certo ou não chamá-lo de jogo de luta, e a discussão segue acalorada até hoje.

A essência era a mesma, mas claro que muito mais simples. Eram 9 estágios e só 12 personagens – Mario, Donkey Kong, Link, Samus, Yoshi, Kirby, Fox, Pikachu, Luigi, Jigglypuff, Captain Falco e Ness, cada um com um conjunto próprio de habilidades. Avançamos um bom tanto nesses 20 anos hein?

Silent Hill (31/janeiro)

silent

 

Foi em 1999 que todo mundo começou a ter medo de neblina. Na época do lançamento Silent Hill foi visto como o Resident Evil da Konami, mas não demorou muito pra ser valorizado como um jogo original.

Silent Hill deixava a ação um pouco de lado e era mais focado na história, no terror puro – o jogo não te dava muitos sustos, mas tinha uma atmosfera de arrepiar os cabelos. O design de áudio, a pouca luz, o protagonista sem nenhuma habilidade especial – tudo isso contribuiu pra te deixar se cagando de medo. Foi 20 anos atrás que tudo isso começou, pena que parece que a franquia desapareceu nas profundezas da Konami

Final Fantasy VIII (11/fevereiro)

ff

 

Final Fantasy VIII foi um marco na série por ter feito mudanças drásticas na jogabilidade, mudando muito do que vinha sendo feito na série até então – coisa que não agradou todo mundo não. A história também ganhou uma temática e direcionamento um pouco diferente, com o drama de Squall e Rinoa.

20 anos atrás ele também inovava no visual, sendo um dos jogos mais bonitos da sua época e uma evolução clara em relação ao seu antecessor.

Syphon Filter (17/fevereiro)

syphon

 

Antes de Jack Bauer em 24 Horas ou Sam Fisher em Splinter Cell, o soldado de elite Gabe Logan trouxe um carisma parecido como um agente especial traído pelos próprios parceiros de trabalho em Syphon Filter, um dos jogos mais queridos da era PS1. Com mistura de stealth e ação frenética, o título fez tanto barulho que se transformou numa trilogia de sucesso, com direito a muitas reviravoltas, traições e personagens marcantes. Até hoje os fãs clamam pelo retorno da série.

Roller Coaster Tycoon (31/março)

roller

 

O gerenciador de parque de diversões teve muitas versões ao longo dos anos, mas tudo começou 20 anos atrás. Era daqueles jogos que você sentava pra jogar e quando via, puff, a tarde inteira tinha se passado. Você gerenciava seu parque, montava as montanhas russas, contratava pessoal, escolhia os brinquedos e a decoração. De vez em quando você perdia a mão e seu público passava mal ou ficava perdido dentro do parque, mas faz parte né? Ainda bem que é videogame e ninguém se machuca de verdade.

Pokemon Stadium (Abril)

Pokemon

 

A história desse aqui é complexa e sei que tem gente assistindo que acha que eu errei o ano. É assim – o primeiro Pokémon Stadium foi lançado só no Japão, em 1998, mas era bem limitado, nem tinha todos os pokémons da época – nós aqui do ocidente mal ficamos sabendo que ele existia. Aí em 1999 eles lançaram no Japão o Pokemon Stadium 2, que era praticamente uma versão definitiva do primeiro.  E foi essa versão que veio pro ocidente, em 2000, mas com o nome de Pokémon Stadium. Então, apesar do nosso Pokémon Stadium ter chegado aqui em 2000, ele nasceu em 1999 lá no Japão, com o nome de Pokémon Stadium 2. Santa confusão Batman!

Superman (29/maio)

super

 

Imagina a tristeza da Kika de descobrir que essa “belezura” faz aniversário junto dela. Superman de Nintendo 64 é considerado um dos piores jogos de todos os tempos, e foi lançado 20 anos atrás. Framerate horroroso, controles impossíveis e bugs fazem dele um clássico de tão ruim que é.

Driver (25/junho)

driver

Perseguições automobilísticas sempre ofereceram um tipo de emoção diferente nos cinemas e nos jogos. Sentir adrenalina é de arrepiar os pelos dos pés à cabeça, e Driver foi um precursor dessa premissa. Com direito a toques de realismo: parar o carro num semáforo era necessário para que o radar da polícia não fosse acionado. Dar setas ao fazer curvas também era mandatório. Tudo isso com os requintes urbanos de GTA, mas sem sair do carro – algo que Driver 2 trouxe ao permitir que o jogador caminhasse brevemente por alguns trecho. Bote aí na conta uma narrativa que envolve traição e lealdade e você tem um saldo absurdamente positivo para o gênero.

Dino Crisis (01/julho)

dino

O survival-horror no mesmo estilo de Resident Evil, mas com dinossauros, nasceu 20 anos atrás. O jogo agradou bastante com a temática diferente, e apresentou uma melhoria de jogabilidade em relação ao jogo que o inspirou. Tanto tempo depois os fãs ainda esperam por um novo título da franquia – ou remake, nos mesmos moldes de Resident Evil.

Legacy of Kain: Soul Reaver (16/agosto)

kain

Soul Reaver não é o primeiro título da série Legacy of Kain, mas com certeza é o mais popular. O jogo te coloca na pele de Raziel em um jogo de ação e aventura de estilo gótico, que foi amplamente comparado a Tomb Raider – não é de espantar que a desenvolvedora escolhida pra ficar com a franquia de Lara Croft tenha sido a Crystal Dynamics, desenvolvedora da série.

Tony Hawk’s Pro Skater (31/agosto)

tony

 

Só quem é muito jovem não andou de skate ao som de um bom e velho punk rock e hardcore (eu sou um dos que não sabe como é isso). O primeiro jogo da série já tinha uma jogabilidade arcade bem divertida, várias manobras diferentes e uma física que não se prendia muito a realidade. A franquia Tony Hawk teve vários títulos, e talvez o 2 seja o mais famoso, mas foi em 1999 que tudo começou.

Crash Team Racing (30/setembro)

crash

 

Ele vai ganhar remake esse ano, mas foi em 1999, vinte anos atrás, que ele apareceu pela primeira vez nos Playstations do mundo. Se Mario e Diddy Kong já tinham seu próprio jogo de kart, porque o Crash, mascote da Sony, não podia ter o dele, não é mesmo?

Age of Empires II (30/setembro)

age

 

Como o nome deixa claro, esse não foi o primeiro jogo da franquia, mas foi o que trouxe reconhecimento para a série da Ensemble Studios. O título anterior tinha tentado misturar Warcraft com Civilization, sem muito sucesso. Age of Empires II veio para corrigir esses erros.

Resident Evil 3: Nemesis (22/outubro)

re

Foi há 20 anos que ficamos aterrorizados com “STARS”.  Ele se passa um dia antes dos eventos de Resident Evil 2 e nós acompanhamos Jill Valentine, que é a única personagem jogável, o que torna a campanha mais curta, mas que é compensada com escolhas em pontos chaves da história que mudam o decorrer da trama. E o vilão é aberração mais amada e odiada da série: Nemesis que, além de grande, é inteligente a ponto de conseguir usar armas.

Medal of Honor (31/outubro)

mof

Sem dúvida um dos jogos de tiro mais amados do PS1 e é considerado “O Resgate do Soldado Ryan” dos videogames. O arsenal disponível é bem grande, contando com rifles, shotguns, pistolas, granadas e muito mais. Uma das coisas mais elogiadas são os sons, aspecto que foi classificado como um dos melhores do console.

Unreal Tournament (03/novembro)

ut

Este é dos jogos que a galera mais jogava em grupo nas Lan Houses. Caótico, frenético e muito divertido. A variedade de modos e armas fazia com que as jogatinas durassem horas sem cansar ou ficar repetitiva.

Chrono Cross (18/novembro)

chrono

A continuação espiritual do clássico e amado Chrono Trigger conseguiu corresponder às expectativas dos fãs e é considerado um dos melhores RPGs de sua época. A história é cheia de revelações e a gameplay é ótima, com a opção de evitar todas as lutas desnecessárias que sempre encheram a vida de quem gosta do estilo.

Pokemon Gold & Silver (21/novembro)

pokemon

Eis que foi em 1999 que dois dos melhores Pokémons chegaram ao mercado. 251 monstrinhos, diversas missões secundárias e mais de 60 horas de pura diversão fizeram com que a franquia continuasse valendo ouro (ou prata).

Gran Turismo 2 (11/dezembro)

gt

O segundo game da franquia de corrida da PlayStation foi um grande sucesso de crítica. Correr é extremamente divertido, assim como as pistas, que possuem uma grande variedade, misturando novas com as presentes em seu antecessor. O game de corrida essencial para seu PS1.

Shenmue (29/dezembro)

shenmue

Shenmue é um jogo revolucionário. Com um mundo virtual realista, uma história rica, visuais estonteantes ele é um dos melhores jogos lançados para o Dreamcast e criou uma legião de fãs que até hoje aguardam o tão adiado Shenmue 3.

Counter Strike (1999)

cs

O rei das lan houses, o dono de muitos corações, um dos melhores jogos de tiro em equipe já criados para o PC, Counter Strike. Nascido como um mod de Half Life em 1999, a sua popularidade cresceu até conquistar todo mundo. Sua versão oficial foi lançada só em 2000, mas lá o título já era um clássico.

E agora, uma listinha com as menções honrosas:

  • Need for Speed: High Stakes (1/março)
  • Gex 3: Deep Cover Gecko (1/março)
  • Street Fighter III: Third Strike (12/maio)
  • Tarzan (26/junho)
  • GTA 2 (27/outubro)
  • Tomb Raider: The Last Revelation (19/novembro)
  • Donkey Kong 64 (22/novembro)
  • Quake III: Arena (2/dezembro)
  • Valkyrie Profile (22/dezembro)

Texto: Victor Francesco e Kika Martini

 

via: voxel

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − 2 =

Games

MORTAL KOMBAT 11 DE SWITCH GANHA TRAILER COM GRÁFICOS IMPRESSIONANTES

Publicado

em

A Netherrealm e a Warner Bros. Games revelaram agora um novo trailer de Mortal Kombat 11, desta vez destacando o primeiro vídeo de gameplay no Nintendo Switch, algo que foi fechado entre sete chaves até o momento. E a qualidade, por mais incrível que pareça, está bem à par com a dos consoles maiores.

Graficamente, o Switch mantém boa parte da qualidade visual, com modelos bem-detalhados, efeitos bem legais e muito mais. Em performance, a versão do portátil híbrido da Nintendo mantém os 60 fps. A parte desfalcada é, certamente, a resolução e diversos pós-efeitos que dão mais profundida às cenas. Confira:

Gameplay de Mortal Kombat 11 no Switch

Além da primeira jogabilidade do Nintendo Switch, a Netherrealm e a Warner também mostraram mais detalhes da história. No curto trailer, vemos Kitana (mais nova) tentando se aliar a Baraka e os demais tarkatanos da Exoterra (Outworld) para derrotar a invasão do Submundo (Netherrealm), além de ver os personagens coexistindo em duas linhas temporais e sofrendo as consequências disso.

Mortal Kombat 11 chegará ao Nintendo Switch, Xbox One, PlayStation 4 e PC e data de lançamento é o dia 23 de abril de 2019.

 

 

via: voxel

Continue lendo

Mais Lidas da Semana